As tendências para o Amanhã

Exposição Principal
Imagem de um dos totens do Antropoceno / Foto: Cesar Barreto

O Museu do Amanhã examina o passado, apresenta tendências do presente e explora cenários possíveis para os próximos 50 anos a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. O visitante é estimulado a refletir sobre a era do Antropoceno – a era geológica em que vivemos hoje, o momento em que o homem se tornou uma força planetária com impacto capaz de alterar o clima, degradar biomas e interferir em ecossistemas – e a se perceber como parte da ação e da transformação. 

São seis as tendências para as próximas cinco décadas exploradas pelo Museu: mudanças climáticas; alteração da biodiversidade; crescimento da população e da longevidade; maior integração e diferenciação de culturas; avanço da tecnologia; e expansão do conhecimento.

Mudanças climáticas
Nos últimos séculos, a influência do homem sobre o clima se tornou marcante e passou a contribuir para a modificação do seu funcionamento em todo o planeta. Nossas escolhas, pessoais e coletivas, resultarão em mudanças climáticas suaves ou extremas.

Crescimento da população e mais longevidade
Lidamos com a expectativa da população mundial chegar a dez bilhões em 2060. E a maior parte dos novos habitantes do planeta estará em situação de pobreza. As pressões sobre o meio ambiente e a demanda por recursos poderão levar a conflitos e a grandes migrações. Por outro lado, os avanços científicos empurram  os limites da longevidade humana. Já pode estar viva a primeira pessoa que chegará aos 150 anos.

Mais integração e diferenciação
A globalização econômica, a comunicação instantânea entre quaisquer pontos do planeta e o desenvolvimento dos meios de transporte proporcionam ampla conectividade ao mundo do Amanhã. A redução das distâncias geográficas intensifica a convivência de grandes contingentes de indivíduos de origens, tradições, crenças, etnias, línguas e costumes diferentes em centros urbanos cada vez mais multiétnicos e multiculturais.

Avanço da tecnologia
O avanço da tecnologia possibilita acontecimentos inéditos: a criação de novos materiais; a manipulação de estruturas moleculares e, consequentemente, o controle das funções básicas dos organismos; a produção de novos seres vivos e sistemas de processamento inteligente. Surgem novas formas no mundo – híbridas, ao mesmo tempo naturais e artificiais. É preciso entender e refletir sobre essa evolução.

Alteração da biodiversidade
É provável que a capacidade de muitos ecossistemas em suportar perturbações ambientais seja ainda mais pressionada  por uma combinação de mudanças no clima associadas a inundações, secas, incêndios florestais, acidificação dos oceanos, ou ainda a fatores como uso extensivo da terra, poluição, introdução de espécies exóticas ou exploração excessiva dos recursos naturais.

Expansão do conhecimento
Lidamos hoje com algo radicalmente diferente do passado: o aumento no número de pessoas que têm acesso à informação e participam do debate sobre o Amanhã. Teremos pessoas cada vez mais participativas e detentoras de saberes diversos.  A ferramenta para construir o amanhã é usar a educação como prática da liberdade.