O livro urbano do Profeta Gentileza

Especial
A arte de Gentileza sobre o concreto no Porto / Foto: Marcos Tristão - Museu do Amanhã

Em 56 pilastras no viaduto que se estende do cemitério do Caju à Rodoviária Novo Rio - e não foram alterados com a derrubada da Perimetral -, as mensagens são dispostas milimetricamente em linhas horizontais. Na Zona Portuária, em meio a um frenético vai e vem de milhares carros, ônibus e caminhões, reside há 24 anos a arte de José Datrino, mais conhecido como Profeta Gentileza.

Sua arte, com mensagens que lembram que “gentileza gera gentileza”, foi tombada pela prefeitura no ano 2000. Você sabia que as mensagens formam um "livro" que pode ser lido de trás para frente?

Saiba mais no especial "O Porto do Rio e a construção da alma carioca".