Museu do Amanhã é destaque no "Fórum de Alto Nível sobre Museus", na China

Destaques
Museu do Amanhã assina Termo de Cooperação com Museu Shenzhen na China
Museu do Amanhã assina Termo de Cooperação com Museu Shenzhen na China

Museu do Amanhã é destaque no Fórum de Alto Nível sobre Museus, realizado pela UNESCO na cidade de Shenzhen, na China
 
O diretor-presidente do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet assinou Termo de Cooperação entre a instituição e o  Shenzhen Museum, da China. Em visita oficial a convite da UNESCO, Piquet participou do painel "New Avenues of Creativity" (Novos Caminhos da Criatividade) no Fórum de Alto Nível sobre Museus, apresentando o caso de inclusão e formação de novos públicos de museus. Durante o evento, Piquet destacou a importância do papel dos museus como instrumento de inclusão social e disseminação da cultura e da diversidade.
 
Reiterando a importância do papel social, educacional e econômico dos museus, o Fórum contou com a participação de lideranças dos principais museus do mundo, discutindo novas tendências e políticas públicas do setor, preservação de patrimônio e acervos culturais, padrões tecnológicos para museus e como melhor envolver e beneficiar as comunidades. Além de discutir a implementação da Recomendação de 2015 - sobre a proteção e promoção - e o reforço da cooperação internacional no campo dos museus.
 
A UNESCO salienta que nos últimos 40 anos o número de museus dobrou no mundo inteiro com impacto substancial sobre a promoção da herança cultural e diversidade dos países. 
 
Museu do Amanhã já recebeu 1,2 milhão de pessoas este ano

Em um país onde o público de museus representa aproximadamente 25 milhões de pessoas, segundo a última pesquisa de públicos conduzida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), o Museu do Amanhã recebeu pelo menos 1,2 milhão de visitantes este ano. Desse total, 48% não são frequentadores habituais de museus e 12% nunca tinham entrado em um museu, segundo a última pesquisa de públicos conduzida pelo Museu do Amanhã.