Tire suas dúvidas

Mais

O que é o Museu do Amanhã?

O Museu do Amanhã é um museu de ciências que tem como objetivo explorar as possibilidades do futuro. Por meio de ambientes audiovisuais, instalações interativas e jogos, o público é levado a examinar o passado, entender as várias tendências da atualidade e imaginar futuros possíveis para os próximos 50 anos. 

Onde fica o Museu do Amanhã?

O Museu do Amanhã está situado no Píer Mauá, na zona portuária do Rio de Janeiro. O Museu tem cerca de 30 mil metros quadrados de área, com jardins, espelhos d’água, ciclovia e espaço de lazer. Internamente, o Museu tem dois níveis conectados por rampas.

No térreo, há uma loja, um auditório, salas de exposições temporárias, salas de pesquisa e ações educativas e um restaurante, além das áreas administrativas. No pavimento superior, ficam a Exposição Principal, um belvedere para contemplação da vista e um café.

O que há para ver no Museu do Amanhã?

O Museu do Amanhã é um museu de possibilidades. O conteúdo da Exposição Principal percorre uma narrativa multimídia estruturada em cinco grandes momentos – Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhã e Nós –, cada um encarnando grandes perguntas que a humanidade sempre se fez – De onde viemos? Quem somos? Onde estamos? Para onde vamos? Como queremos ir?

A construção do Museu considerou questões de sustentabilidade?

Sim. O projeto, assinado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, segue a abordagem de uma construção favorável ao meio ambiente, utilizando os recursos naturais do local, como água da Baía de Guanabara para diminuir a temperatura do interior, além de aproveitar a ventilação natural e cruzada.

O teto do prédio é formado por grandes abas, que se abrem e fecham de acordo com a intensidade do sol e formam as bases para a colocação de placas fotovoltaicas, responsáveis pela captação de energia solar que é, posteriormente, convertida em energia elétrica para o prédio.

O espelho d’água que cerca o Museu é abastecido pela Baía de Guanabara e tem, ainda, uma função educativa: mostrar como funciona um sistema de filtragem. A água do mar é bombeada e filtrada lá - criando um microclima, mais fresco, ao redor do Museu - e depois retorna, mais limpa, à Baía.

Quanto custou a obra do Museu do Amanhã?

O Museu do Amanhã está orçado em R$ 215 milhões, custeados pela venda dos CEPACs (Certificados de Potencial Adicional de Construção), ou seja, sem recursos do tesouro municipal. O Museu conta ainda com um investimento de R$ 65 milhões do Banco Santander, seu patrocinador máster.