Vivências do Tempo | Corpo Homem

Relações Comunitárias
Início: 
sábado, 01 de julho de 2017
Término: 
sábado, 01 de julho de 2017

Para que serve o corpo do homem negro? Para onde vai quando precisa ser “descartado”? A quais usos esse corpo foi condicionado ao longo da nossa breve história? As possibilidades de existência desse corpo estão ligadas à forma como o olhar sobre ele foi construído. Como transcender essas barreiras?

17h00 às 18h00 - Performance: Bonde do Jack - CANCELADA - EM BREVE INFORMAREMOS NOVA DATA
O Coletivo Bonde do Jack* une arte e entretenimento através da música, dança, produção artística e debates sobre a cultura House na cidade do Rio de Janeiro com foco na diáspora negra, criando uma plataforma sustentável para o desenvolvimento de projetos afins a esta cultura, ofertando ao público uma experiência ímpar, unindo o chão(dança), coração(sentimentos e sensações) e a atmosfera(música).
* Bonde é uma referência aos grupos juvenis da cultura Funk Carioca; e Jack ao início da música House e ao brinquedo (Jack in the Box) que inspirou um dos principais movimentos da dança House.

Exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o projeto é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro, concebido em conjunto com a Fundação Roberto Marinho, instituição ligada ao Grupo Globo. Exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o Museu conta com o Banco Santander como patrocinador máster, a Shell Brasil, ArcelorMittal e Grupo CCR como mantenedores e uma ampla rede de patrocinadores que inclui Engie, Americanas, IBM e B3. Tendo a Globo como parceiro estratégico e Copatrocínio da Light e Raia Drogasil. Conta ainda com apoio de EY, Sodexo, EMS, Rede D’Or, White Martins, Bloomberg, Colgate, Chevrolet Serviços Financeiros, TechnipFMC, Universidade Veiga de Almeida, Unimed-Rio, Dataprev e Granado. Além da Accenture e o British Council apoiando em projetos especiais, contamos com os parceiros de mídia Artplan, SulAmérica Paradiso e Rádio Mix.